Calendário

« Abril 2014 »
SegTerQuaQuiSexSábDom
 
1
2
4
5
6
7
8
11
12
13
18
19
20
21
22
26
27
28
29
    
       
Hoje

Pesquisar




30 Quarta-feira · Abr, 2014

Trabalhar pode ser um bom remédio

  

O 1º de Maio, Dia do Trabalhador, é comemorado em quase todo o mundo em homenagem às lutas de operários em prol de melhores condições de trabalho, ocorridas no final do século 19 e início do século 20. 

Apesar de muitas pessoas, na atualidade, fazerem objeções às segundas-feiras, o trabalho pode ser um excelente remédio! Sempre presente na história da humanidade, o trabalho tem como objetivo satisfazer necessidades primordiais do ser humano, pois, além de ser um meio de sustento, também é uma forma de se relacionar com os outros. “Pelo trabalho, o homem pode definir seu papel na sociedade, aprender a lidar com si mesmo e as demais pessoas, estabelecer uma disciplina, desenvolver melhor suas habilidades e criatividade. O trabalho insere o homem na sociedade e ajuda na sua transformação”, explica Mariana Finco, psicóloga da Clínica Multiprofissional da Unimed Londrina. 

De acordo com ela, nos dias de hoje, o trabalho é visto como determinante para uma vida ativa. “Um indivíduo sem atividade foge do padrão e pode ser colocado à margem da sociedade. A responsabilidade exigida por um ofício auxilia na construção da identidade do ser humano, tendo em vista que o homem se sente parte do meio quando percebe que a sua utilidade é importante para a sociedade”, argumenta a especialista, acrescentando que é impossível separar os efeitos do que acontece no lado profissional da vida pessoal. “A identidade daquilo que uma pessoa faz é muito forte, pois ela se define de acordo com o que executa, como, por exemplo, ‘sou professor, dentista, vendedor, operário...’. Isso é fator que transmite a noção de pertencimento social”, completa. 

E trabalhar em algo que se gosta é melhor ainda. Segundo Mariana, o prazer diário em executar aquilo que dá prazer reflete muito na vida de cada um. Além de aumentar a chance de um bom rendimento profissional, é possível estabelecer melhores relacionamentos dentro e fora do ambiente de trabalho. “O cansaço físico consequente de algumas horas de trabalho torna-se minúsculo comparado à fadiga mental da ociosidade, ou seja, ocupar seu tempo naquilo que é valioso é extremamente saudável”, explica a psicóloga, complementando que o contrário, ou seja, não ter estima por sua atividade profissional, pode acarretar na despersonalização do individuo. “Trabalhar em algo que não se gosta pode ser bastante prejudicial à saúde. A pessoa levanta diariamente e passa maior parte do tempo executando aquilo que não gosta, situação que pode causar prejuízos psíquicos e físicos. É sabido que pessoas tristes produzem menos que pessoas felizes e isso passa a ser um círculo vicioso: o indivíduo produz menos, tem menor reconhecimento e, portanto, maior insatisfação.” 

Entretanto, nem sempre é possível realizar apenas atividades do seu agrado. Nesse caso, o melhor caminho é transformar essa situação desfavorável, com estratégias criativas para encarar de forma positiva ocasiões que causam sofrimento. “Essa atitude proporciona amadurecimento e crescimento, tanto profissional quanto pessoal”, afirma Mariana. 

Confira algumas dicas da especialista para ter uma rotina de trabalho mais leve: 

- Não se faça de vítima se não gostar das atividades que executa. Quando isso ocorre, é difícil sair de uma possível “zona de conforto” e a pessoa acaba passando a maior parte da vida no mesmo trabalho, eternamente infeliz. Nesse caso, é preciso tomar as rédeas da situação, sem ficar encontrando “culpados” para ela; 

- Ao invés de reclamar ou focar na mudança do outro, é muito melhor perceber e escolher como você vai reagir às situações, de maneira positiva ou negativa. Não aja por impulso, tenha o controle de si; 

- Não espere grandes acontecimentos para se sentir feliz. A felicidade está nos pequenos momentos, naquela boa conversa, no caminho até o trabalho, no cheiro de um café. Cultive bons relacionamentos, evite assuntos que não acrescentam em nada; 

- Foque naquilo que você tem e evite comparações com os outros. Grande parte das pessoas insatisfeitas com a vida são aquelas que vivem se inferiorizando com relação às demais; 

- Não se esconda atrás do tempo. Por mais “corrida” que a vida esteja, arrume momentos para o lazer e atividades físicas. Mesmo que curto, ainda é melhor do que ser sedentário; 

- O melhor antídoto para encarar a rotina diária de trabalho é o bom humor. A risada ajuda a aliviar a tensão, provocando a liberação de endorfina e trazendo bem-estar; 

- Tenha empatia. Colocar-se no lugar do outro faz toda a diferença. 

Fonte: Agência Unimed de Notícias 


Tags: #dicasdobem  

Publicado as 08:43 por Janaina Samira de S. Gonçalves  |  Comentários [0] .
25 Sexta-feira · Abr, 2014

Está no ar a Campanha do Dia das Mães!

Mãe é aquela que cuida, protege e ensina. É aquela que avisa (e acerta) que vai esfriar, que se preocupa pedindo para ligar quando chegar, que reveza carinhos com duras broncas. 

 

Para celebrar o Dia das Mães, a campanha deste ano destaca um dos momentos mais bonitos da vida: a interação entre mães e filhos. Com o mote “Ser criança, ser amiga, ser mãe”. As peças retratam brincadeiras entre mães e filhos, mostrando que mãe não é só aquela que cuida, mas aquela que brinca, que é amiga para todas as horas e que faz o tempo ser ignorado, criando os momentos que serão as melhores lembranças da vida de seus filhos. 


Tags: #sermae  

Publicado as 08:14 por Janaina Samira de S. Gonçalves  |  Comentários [0] .
24 Quinta-feira · Abr, 2014

Parabéns!!!

 


Tags: #aniversariantesdomes  

Publicado as 10:21 por Janaina Samira de S. Gonçalves  |  Comentários [0] .
23 Quarta-feira · Abr, 2014

ATITUDE POSITIVA

 

 

Muitas vezes, ouvi pessoas se lamentando “é o meu destino”, “não posso fazer nada, é a minha má sorte”, “ninguém me entende”…

Não concordo com esse tipo de pensamento pessimista, que só traz sofrimento e nenhuma solução.

É verdade, não temos controle sobre o que nos acontece. Na realidade o fato em si representa 10% do acontecimento e a maneira com o enxergamos representa os outros  90%. Não controlamos os acontecimentos, mas podemos ter a intenção de controlar nossa atitude perante a vida.

Nossa atitude afeta a nossa felicidade e também a das pessoas a  nossa volta.

Podemos escolher ter uma atitude feliz e otimista, ver as coisas positivamente com energia para persistir e completar nossas metas com êxito, ou podemos ter uma atitude realista, que olha para a vida de maneira negativa de que provavelmente as coisas ficarão piores.

Para ilustrar compartilho uma história, desconheço o autor, mas espero que, além de divertida, a história nos aclare a maneira como escolhemos enxergar nossas vidas.

Um rei na África saiu para caçar. Seu companheiro e carregador de armas era uma pessoa com o seguinte lema de vida:

“Não poderia estar melhor. Isto veio para o bem!”.

No meio da caçada o carregador de armas errou ao carregar o rifle, causando uma explosão que arrancou o dedo polegar do rei.

Quando o homem exclamou: “Isto veio para o bem”, o rei respondeu: “Não, não veio!” e jogou o carregador de armas na cadeia.

Cerca de um ano depois, o rei saiu novamente para caçar. Dessa vez, porém, foi capturado por canibais. Eles já estavam se preparando para jantar o rei, quando perceberam o dedo faltando. Sendo supersticiosos, os canibais não quiseram comer alguém com defeito e mandaram o rei embora!

Ao retornar ao palácio, imediatamente o rei foi para a prisão libertar seu antigo carregador de armas.

“Você estava certo”, falou o rei, “isto veio para o bem! Estou muito arrependido de tê-lo mandado para a cadeia”.

“Não”, respondeu o homem, “ficar na cadeia também foi para o bem!”.

“O que você quer dizer com isso? Olhe como você sofreu!”, disse o rei.

“Sim”, respondeu o carregador de armas, “mas se não estivesse na cadeia … eu estaria com o senhor!”

É muito importante que cada um de nós se treine para encarar positivamente cada situação. Tudo o que acontece na vida no final das contas é para o bem. Diariamente temos oportunidades para o crescimento espiritual e de caráter.

Muitas e muitas vezes aquilo que nos parece ‘ruim’ ou ‘negativo’ acaba sendo uma bênção. Porém, nesse meio tempo, investimos um tempo enorme  e energia nos preocupando ou nos arrependendo, para no final percebermos que nos preocupamos por nada.

Lembrem-se a preocupação é definida como:

Juros pagos adiantados por uma dívida que nem sempre será contraída.

Se preocupar não vai resolver nenhuma questão e você merece paz!

 

Debora Ganc é Terapeuta Sistêmica, Constelações Familiares, Constelações Empresariais. Gestalt e Programação Neurolinguística. Contato: [email protected]

Fonte: www.universojatoba.com.br


Tags: #dicasdobem  

Publicado as 10:08 por Janaina Samira de S. Gonçalves  |  Comentários [0] .

Parabéns!!!


Tags: #aniversariantesdasemana  

Publicado as 09:51 por Janaina Samira de S. Gonçalves  |  Comentários [0] .
17 Quinta-feira · Abr, 2014

Ministério da Saúde anuncia campanha de vacinação contra a gripe

  

 Campanha ocorrerá entre o período de 22 de abril a 09 de maio. Público-alvo abrange cerca de 50 milhões de pessoas.

 Com o tema “Vacinação contra a gripe: você não pode faltar”, o Ministério da Saúde divulgou a campanha de 2014. A novidade para este ano é a ampliação da faixa etária, crianças menores de cinco anos estão incluídas na campanha. Com isso, o público prioritário para imunização aproxima-se dos 50 milhões de pessoas em todo o país. Conforme o ministro da saúde Arthur Chioro, a ampliação visa reduzir casos graves e óbitos. 

Quem integra o grupo prioritário? 

Crianças de seis meses a menores de cinco anos;

Pessoas com 60 anos ou mais; 

Trabalhadores de saúde; 

Povos indígenas;

Gestantes; 

Puérperas (até 45 dias após o parto); 

População privada de liberdade (que estão no sistema prisional); 

Funcionários do sistema prisional; 

Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais. 

Contra quais vírus a vacina protege? 

Contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para este ano - A/H1N1, A/H3N2 e influenza B. 

Como fazer para receber a vacina? 

A campanha vai de 22 de abril a 09 de maio, sendo que no dia 26 acontecerá a mobilização nacional. Nesse período, as 53,5 milhões de doses da vacina estarão disponíveis nos 65 mil postos de vacinação distribuídos em todos os municípios do Brasil.

Fonte: Ministério da Saúde

Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.


Tags: #dicasdobem  

Publicado as 15:07 por Janaina Samira de S. Gonçalves  |  Comentários [0] .
16 Quarta-feira · Abr, 2014

Quais são os hábitos e preferências do seu filho?

Estudo avaliou o que os bebês e crianças do Brasil pensam e como se comportam em relação aos mais variados temas e situações.

 O que atrai seu filho: televisão, música, videogame? Durante o tempo livre ele prefere se divertir com brinquedos ou animais de estimação? E preocupações com o planeta, elas passam pela imaginação do pequeno? Já se questionou quais desejos ele possui em relação à própria personalidade? 

Indagações como essas integram o estudo do Instituto Ipsos, realizado com os pais e com as crianças entre 0 e 9 anos, com o objetivo de saber mais sobre hábitos e preferências de um público que cada vez mais influencia nas decisões familiares. Foram entrevistados 2.500 pessoas entre pais, crianças e bebês, através das pesquisas EGM BABIES (0 a 5 anos) e EGM KIDS (6 a 9 anos), entre o período de 20 de agosto a 20 de setembro de 2013, nas regiões metropolitanas de São Paulo, Interior de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Curitiba, Fortaleza, Distrito Federal e Goiânia.

Confira algumas das constatações: 

 

 Os dados acima acendem para questões em relação aos hábitos do seu filho que, com o corre-corre do dia a dia, podem passar despercebidas. Porém, algo extremamente importante nessa fase é que tais características e modos de agir ajudam a construir a personalidade e o comportamento dos pequenos. Instigar e incorporar hábitos saudáveis nas atividades que eles realizam é sinônimo de alimentar bons valores e costumes que poderão integrar o dia a dia do seu filho por muito tempo.

Fonte: Site Instituto Ipsos e Revista Crescer

Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.


Tags: #dicasdobem  

Publicado as 13:05 por Janaina Samira de S. Gonçalves  |  Comentários [0] .
15 Terça-feira · Abr, 2014

Frases que os bem-sucedidos evitam

Quer chegar ao topo? Evite soltar uma dessas no escritório e você terá meio caminho andado

Por Danilo Barba 

 Você quer chegar lá. Todos nós queremos. E, se você não estiver conseguindo, pode ser culpa do seu mau jeito com as palavras. Não é brincadeira: o que sai da sua boca pode mesmo minar suas chances de obter sucesso.

As coisas que você diz no escritório, não importam quão inofensivas pareçam ser – ou realmente sejam -- podem estar te afundando num cargo insatisfatório, que toma todo o seu tempo, e impede a escalada rumo a uma posição maior. De repente você é a carta fora do baralho e nem sabe por quê.

Mas vamos lá, sua carreira – e todo o esforço que veio com ela – não podem ir por água abaixo por um descuido como este. Aqui vão sete dicas de como “neutralizar” certas respostas negativas e comprometedoras no trabalho, caso você realmente queria alcançar o sucesso que tanto merece:

1. “Isso não é meu trabalho”

A melhor opção é agendar um tempo para conversar com seu chefe sobre o seu papel. Uma conversa especificamente sobre o seu lugar na organização é um bom gancho para iniciar o assunto sobre os detalhes da descrição de seu trabalho, e não no momento em que seu chefe – em apuros -- te pede para resolver alguma coisa. Não importa o quão estressado e sobrecarregado você já esteja, ou a importância da solicitação: soltar essa frase só faz você parecer preguiçoso e desempolgado.

Quando aceitou sua posição atual você já tinha uma boa noção de quais seriam suas responsabilidades e a carga de trabalho que a posição exigiria. Ao longo dos meses ou anos, no entanto, é natural que seu papel tenha se expandido e mudado. Quando um chefe ou gerente joga mais responsabilidades em seus ombros já doloridos, pode ser tentador soltar essa frase clássica, exemplo de desânimo e desmotivação. Por isso é bom evitar.

2. “É impossível de ser feito”

Minar possibilidades faz você parecer um desistente – e desistentes não são promovidos. Em vez de jogar um projeto inteiro no lixo, molde sua resposta encontrando formas alternativas de obter o trabalho realizado. Pouquíssimas coisas são verdadeiramente impossíveis, e a maioria dos gerentes e executivos busca por solucionadores de problemas com visão ampla e focada no futuro; estes são os convidados a subir a escada corporativa. Se você oferecer soluções em vez de desistir, será visto como um membro valioso da equipe.

3. “A culpa não é minha”

Passar a bola para um colega de trabalho certamente não irá acabar em promoção. Ninguém quer trabalhar com alguém que põe a culpa nos outros. Até porque é só uma questão de tempo até que suas vítimas passem a culpar você. Assuma seus erros em vez apontar onde os outros erraram. Admitir um erro mostra caráter e habilidade de aprender e crescer com os equívocos e falhas.

4. “Ficará pronto num minutinho”

A não ser que algo vá realmente levar apenas 60 segundos, evite ao máximo prometer e não cumprir. Dizer que algo irá levar apenas “um minutinho” também tem o efeito colateral de minimizar seus esforços. Muito provavelmente, a razão pela qual a tarefa não vai demorar muito se deve ao benefício da sua experiência profissional e perspicácia. Ao dizer que vai tomar "apenas" um minuto do seu tempo, você não está valorizando o que leva para a mesa.

5. “Não preciso de ajuda”

O tipo lobo solitário acidentado pode ser o herói da maioria dos filmes de ação, mas é improvável que se torne um líder na empresa. Você pode até pensar que é possível desenvolver um projeto sozinho, ou mesmo sua carreira, porém o trabalho em equipe é essencial. Ser capaz de trabalhar com os outros é a marca registrada de um bom líder; é praticamente impossível que você suba de cargo caminhando sozinho.

6. “Isso não é justo”

A vida não é justa, e frequentemente sua carreira também não será. Em vez de reclamar, você deveria buscar diferentes soluções para os problemas que encontrar. É injusto um colega de trabalho por em prática o projeto que você queria? Bem, talvez seja, mas é melhor você correr e se concentrar nos seus afazeres do que ruminar essa história. Encontrar uma solução será sempre preferível na sua vida profissional, e não perder tempo precioso se lamentando.

7. “É assim que sempre foi feito”

Fazer as coisas do jeito que sempre foram feitas não tem nada a ver com o mundo dos negócios. Basta perguntar a qualquer homem de negócios e você saberá a resposta. Adaptar-se a um mercado em constante mudança é realmente a única maneira de sobreviver numa economia constantemente interrompida pela próxima grande sensação do momento.

Não que você precise ser um escravo das tendências, mas também não pode parar no tempo, esperando que as coisas surjam do além. É mais provável que você atinja o cargo dos sonhos se sugerir soluções criativas para novos problemas e inovar sempre que puder.

 www.areah.com.br


Tags: #dicasdobem  

Publicado as 13:14 por Janaina Samira de S. Gonçalves  |  Comentários [0] .
14 Segunda-feira · Abr, 2014

APRENDA A FAZER UM LIMPA-VIDROS CASEIRO!

Se você está querendo levar uma vida mais saudável e optar pelos produtos naturais, anote essas dicas para limpar os vidros de sua casa e do seu carro sem precisar usar produtos químicos, que são considerados tóxicos para a saúde e podem causar prejuízos ao meio ambiente.

Água, vinagre branco e amido de milho são os principais ingredientes para um limpa-vidros natural, que remove poeira, marcas e a sujeira em geral. Misture 2 copos de água morna e 2 copos de vinagre branco, adicione algumas colheres de chá de amido de milho, a bota e velha maisena, isso para dar um brilho extra. Mexa bem e coloque a mistura em um borrifador.

Basta aplicar diretamente no vidro e passar um pano ou uma bucha vegetal em cima. Em seguida, passe um rodo por toda a superfície do vidro, de cima para baixo, e fique atenta, seque o seu rodo com pano macio após cada vez que desliza para evitar riscos na janela.

Fonte: www.universojatoba.com.br


Tags: #dicasdobem  

Publicado as 15:45 por Janaina Samira de S. Gonçalves  |  Comentários [0] .
10 Quinta-feira · Abr, 2014

Aplicativos gratuitos a favor do seu bem-estar

 

 Seu smartphone ou tablet pode ser utilizado em benefício do seu corpo. Você sabia?

A maneira é simples: aderir aos “aplicativos saudáveis”! Uma imensidão deles traz soluções para os mais diversos problemas (e desculpas) quando o assunto é atividade física. Selecionamos três aplicativos extremamente úteis para você que já está ou quer iniciar uma vida fitness. Veja só: 

Daily Butt Workout: o diferencial aqui é praticidade e rapidez! O app traz uma sequência de exercícios diários para tonificar seus glúteos e pernas, com demonstrações executadas por um personal trainer. Você pode definir uma série com duração de 5, 7 ou 10 minutos, e seu “equipamento” se resume a um colchonete. O app é compatível com Android, iOS e Mac OS X. 

Os meus percursos: todas as informações a respeito da sua caminhada ou corrida serão captadas por ele em tempo real – velocidade máxima e mínima, distância total percorrida, duração e quantidade de calorias queimadas. O app é compatível com Windows Phone, iOS e Android. 

Virtuagym: mais de 500 exemplos de exercícios estão disponíveis para ser praticados em vários ambientes – academia, casa, hotel. Após alguns dias de treino, você poderá verificar seu progresso através de gráficos. O app é compatível com Android e iOS. 

Percebeu? Planejar, acompanhar e obter resultados em relação à sua rotina de atividades físicas é extremamente simples. Em questão de minutos você pode facilitar seus treinos e, inclusive, aumentar a motivação para praticá-los. Utilize a tecnologia a seu favor!

Fonte: TechTudo

Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.

 


Tags: #dicasdobem  

Publicado as 16:12 por Janaina Samira de S. Gonçalves  |  Comentários [0] .
09 Quarta-feira · Abr, 2014

Novos Cooperados


Tags: #novoscooperados  

Publicado as 16:51 por Janaina Samira de S. Gonçalves  |  Comentários [0] .
03 Quinta-feira · Abr, 2014

Unimed Vale do Aço lança setor de Ouvidoria

A Unimed Vale do Aço passa a ter mais um canal para ouvir seus clientes: a Ouvidoria. A criação do setor atende a uma medida disposta na Resolução Normativa nº 323, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e tem como objetivo reduzir conflitos entre as operadoras e consumidores, ampliando a qualidade do atendimento oferecido pelas empresas. 

Com a criação desse novo setor, os clientes da Unimed Vale do Aço contam agora com dois canais de relacionamento para resolução de suas manifestações: o Relacionamento com o Cliente e a Ouvidoria. Conheça a diferença entre cada um deles:

Relacionamento com o Cliente:
É o Setor responsável por atender às demandas relativas a solicitações, dúvidas sobre o seu plano, críticas, reclamações e elogios. Com um atendimento personalizado, o Relacionamento com o Cliente é responsável por solucionar a demanda do beneficiário.

Formas de atendimento:
Telefônico: (31) 2136-2215 / 2227

Ouvidoria:
A Ouvidoria é a sua segunda instância de atendimento, ou seja, quando o anterior não foi satisfatório ou se permaneceu alguma dúvida. A principal atribuição da ouvidoria é garantir que os direitos do beneficiário sejam cumpridos, além de buscar o aperfeiçoamento e a melhoria contínua dos processos da Unimed Vale do Aço. Para entrar em contato com a Ouvidoria, o protocolo do seu primeiro atendimento será solicitado. O prazo para resposta é de até 7 dias úteis.

Formas de Atendimento:

Telefone: (31) 2136-2278

[email protected]


 


Tags:

Publicado as 17:23 por Camila Castro Coura Silva  |  Comentários [14] .

Portal Nacional de Saúde - Unimed Brasil | Copyright 2001-2009 Portal Unimed. Todos os direitos reservados. Agência Nacional de Saúde Suplementar