Pesquisar


Calendário

« Setembro 2020
SegTerQuaQuiSexSábDom
 
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
    
       
Hoje


18 de Julho de 2018, Quarta-feira

   

Os perigos dos atletas de fim de semana

A atividade física é importante para manter a saúde física e mental, mas saiba que praticar esportes somente de vez em quando pode colocar em risco a saúde

Se todos as pessoas soubessem o bem que a atividade física proporciona para o corpo e a mente, talvez jamais deixariam a prática de lado. Muitos, conscientes dos benefícios, escolhem o final de semana para praticar. Quem tem esse hábito pode achar que está fazendo um bem para a saúde, mas, infelizmente, não. Juntamente com a baixa frequência há dois grandes riscos. Conheça-os.

Problemas cardíacos
O organismo precisa de uma frequência maior do que duas vezes na semana para entrar no ritmo e se beneficiar da atividade física. Como o coração do atleta de fim de semana não está preparado para as atividades, ele pode não ter condicionamento cardiorrespiratório suficiente para jogar futebol, realizar caminhadas prolongadas, corridas, andar de bicicleta ou jogar vôlei, por exemplo. Essas atividades acabam colocando-o em risco maior para parada cardíaca comparado com quem pratica atividade regularmente.

Problemas físicos
O segundo problema são as lesões. Da mesma maneira que o coração precisa estar preparado para as atividades, o mesmo ocorre com o músculo. Como não exista um preparo da musculatura, podem ocorrer distensões musculares, estiramentos, contraturas (contração dos músculos) e, de modo mais grave, rupturas dos tendões.

DICAS PARA COMEÇAR A PRATICAR

*Procure o médico para avaliar qual atividade, tempo e intensidade é a mais indicada para você

*Escolha uma atividade que goste

*Pratique todos os dias, no mínimo, 30 minutos de atividade ou 50 minutos de três a cinco vezes por semana

*Desça do ônibus antes e siga caminhando até a casa ou o trabalho

*Prefira a escada em vez do elevador

*Busque informações sobre as atividades gratuitas perto de casa

*Sempre que o desânimo aparecer, lembre-se do bem que a atividade proporciona

BENEFÍCIOS DA PRÁTICA REGULAR DE ATIVIDADE FÍSICA

*Proporciona sensação de bem-estar

*Melhora a força muscular

*Auxilia na perda de peso

*Minimiza os riscos de diabetes e pressão alta (hipertensão arterial)

*Ajuda no controle de doenças crônicas

*Melhora a qualidade do sono

*Auxilia no aumento do HDL ("bom" colesterol)

*Ajuda a controlar a ansiedade, a depressão e o estresse

*Melhora a disposição

Texto: Jailde Barreto / Design: Alex Mendes
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte - SBMEE e Ministério do Esporte
Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.

 

Tags: +saúde   07   18  
Publicado as 09:50 por Comunicação  |  Comentários [0] .
31 de Maio de 2017, Quarta-feira

 

Tags: +saúde  
Publicado as 14:25 por Comunicação  |  Comentários [0] .
10 de Maio de 2017, Quarta-feira

 

Tags: +saúde  
Publicado as 17:35 por Comunicação  |  Comentários [0] .
03 de Maio de 2017, Quarta-feira

 

Riscos do tabagismo passivo

Conheça as doenças e complicações de saúde a que estão expostas as pessoas que não fumam, mas convivem com a fumaça de produtos derivados do tabaco

Você sabia que cerca de 2/3 da fumaça gerada pelo cigarro é lançada ao ambiente? Isso quer dizer que apenas uma porção é tragada pelo fumante e a maior parte da fumaça afeta também quem está em volta. Os não-fumantes expostos à fumaça de produtos derivados do tabaco são chamados de fumantes passivos. Conforme o Ministério da Saúde, "os componentes tóxicos e cancerígenos presentes na fumaça ambiental do tabaco contêm praticamente a mesma composição da fumaça tragada pelo fumante. São cerca de 4000 compostos, dos quais mais de 200 são tóxicos e cerca de 40 são cancerígenos".


Avanços sobre o assunto

Em 2011 a Lei Antifumo foi regulamentada no Brasil. Ela proíbe fumar derivados do tabaco, como cigarros, charutos e narguilés em ambientes de uso coletivo, públicos ou privados, mesmo que o local seja parcialmente fechado por uma parede, divisória, teto ou toldo. Conforme dados da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), em cinco anos de Lei Antifumo o número de fumantes passivos adultos no trabalho caiu. Em 2011 a média de pessoas expostas à fumaça de produtos derivados do tabaco era de 12,2%, em 2016 chegou a 8%.


Fonte: Ministério da Saúde
Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.

Tags: +saúde  
Publicado as 07:58 por Comunicação  |  Comentários [0] .
15 de Março de 2017, Quarta-feira

 

Crianças: sinais de baixa autoestima

Conheça alguns sinais que podem identificar a baixa autoestima e
saiba como elevar a autoconfiança das crianças

O sentimento de baixa autoestima não está presente apenas entre os adultos, também pode integrar o universo das crianças e adolescentes. Quando as crianças não estão de bem consigo mesmas, diversas relações podem ser afetadas - amizades, estudos, família, etc.

Conforme a Academia Americana de Pediatria (American Academy of Pediatrics), sentimentos positivos de autoconfiança ajudam as crianças buscarem novos desafios, a lidar com erros e a querer tentar novamente.

A criança que têm autoestima saudável tende a:

* Sentir-se valorizada e aceita;
Pensar em coisas boas sobre si;
Sentir orgulho de um trabalho bem feito;
Sentir-se preparada para os desafios diários.

Como os pais podem ajudar a cultivar a autoestima:

Elogie seu filho de forma sábia: evite o excesso de louvor, ofereça o elogio devido ao esforço, progresso e atitude da criança.

Seja um bom modelo. Empenhe-se para fazer as tarefas diárias, como limpar o jardim, fazer a refeição e lavar os pratos, e demonstre disposição para ir ao trabalho. Ao fazer as tarefas com calma e orgulhar-se de um trabalho bem feito, você ensina seu filho a fazer isso também.

As mensagens que as crianças ouvem sobre si mesmas vindas de outras pessoas impactam em como elas se observam. Colocações ásperas, como "Você é tão preguiçoso!", são prejudiciais, não motivadoras.

Concentre-se em pontos fortes. Preste atenção ao que seu filho gosta e tem habilidade. Certifique-se de que seu filho tem oportunidades de desenvolver esses pontos fortes.

Para ajudar os pais na identificação de problemas de autoestima, a Academia Americana de Pediatria listou alguns sinais, eles podem aparecer diariamente ou apenas em situações específicas. Confira abaixo!

Tags: +saúde  
Publicado as 10:00 por Comunicação  |  Comentários [0] .
01 de Março de 2017, Quarta-feira

 

Tags: +saúde  
Publicado as 15:13 por Comunicação  |  Comentários [0] .
22 de Fevereiro de 2017, Quarta-feira

 

Tags: +saúde  
Publicado as 09:52 por Comunicação  |  Comentários [0] .
15 de Fevereiro de 2017, Quarta-feira

 

   Fonte: Revista Vem Viver - CNU

 

Tags: +saúde  
Publicado as 10:38 por Comunicação  |  Comentários [0] .
08 de Fevereiro de 2017, Quarta-feira

 

Tags: +saúde  
Publicado as 09:03 por Comunicação  |  Comentários [1] .
04 de Janeiro de 2017, Quarta-feira

 

Conheça os benefícios da prática de exercícios aeróbicos

As atividades aeróbicas são conhecidas pelo movimento constante do corpo e por promover o gasto intenso de calorias. Além disso, praticar exercícios aeróbicos regularmente, como caminhar, dançar ou nadar pode trazer uma série de benefícios à saúde, entre eles o aumento da expectativa de vida.

A Associação Americana do Coração recomenda a prática semanal de pelo menos 150 minutos (2 horas e 30 minutos) de atividades físicas de intensidade moderada ou 75 minutos (1 hora e 15 minutos) de exercícios de alta intensidade.

Conheça alguns dos principais exercícios físicos aeróbicos:

Caminhada: pode ser feita em qualquer lugar e não é preciso nenhuma experiência para praticá-la, somente disposição.
Gasto calórico: cerca de 100 calorias em 30 minutos. 

Natação: esporte considerado adequado para todas as idades e de baixo impacto para o corpo, por ser feito dentro da água.
Gasto calórico: cerca de 250 calorias em 30 minutos. 

King Boxing: os exercícios misturam artes marciais, como taekwondo e kung fu, com as técnicas do boxe.
Gasto calórico: cerca de 200 calorias em 30 minutos.

Hidroginástica: por ser praticada dentro da água, o desgaste muscular, a tensão e os impactos são reduzidos.
Gasto calórico: cerca de 250 calorias em 30 minutos.

Spinning: a aula é de ciclismo e costuma ser realizada em diversas academias de musculação. A prática é feita em uma bicicleta ergométrica própria para este tipo de atividade.
Gasto calórico: cerca de 600 calorias em 30 minutos.

Jump: a aula envolve movimentos coreográficos feitos em uma mini cama elástica.
Gasto calórico: cerca de 250 calorias em 30 minutos.

Dança: independentemente da modalidade, a dança é uma excelente aliada para colocar o corpo inteiro em movimento.
Gasto calórico: cerca de 200 calorias em 30 minutos.

Pular corda: esse passatempo costumeiramente associado à infância é muito eficiente em diversas fases da vida, trabalha diversos músculos do corpo, especialmente as pernas.
Gasto calórico: cerca de 350 calorias em 30 minutos.

Body Pump: a atividade é uma mistura de músicas animadas com o treinamento de peso, utilizando barras, alteres e anilhas.
Gasto calórico: cerca de 250 calorias em 30 minutos.

DICA: Ficou empolgado com todas essas opções? Se você está sedentário por um longo período ou tem uma condição de saúde que limita a prática de atividades aeróbicas, converse com seu médico sobre quais são as melhores opções de exercícios e se há necessidade de realizar exames prévios.

Tags: +saúde  
Publicado as 09:35 por Comunicação  |  Comentários [0] .
28 de Dezembro de 2016, Quarta-feira

 

Motivos para não reter a urina

Sentiu vontade de ir ao banheiro? Não espere!
Esse cuidado pode ajudar a evitar incômodos como a infecção urinária

Desde os primeiros anos de vida costuma-se ouvir orientações para não reter a urina por muito tempo, ou seja, não se deve esperar para ir ao banheiro quando surgir vontade. Conforme informações do Hospital Israelita Albert Einstein, o ideal é urinar de seis a sete vezes por dia, ou a cada três horas. A bexiga de um adulto tem capacidade para armazenar de 350 ml a 400 ml de urina, a partir dessa quantidade é normal sentir desconforto. Porém, além do incômodo, segurar a urina por muito tempo pode ocasionar problemas.

Uma das ocorrências indesejáveis mais conhecidas é a infecção urinária. O trato urinário possui uma flora bacteriana própria, que coloniza o sistema e é eliminada periodicamente ao urinar. A ação de reter a urina favorece o aumento da população bacteriana da flora local, o que pode ser causa de infecção. O hábito de reter a urina por muito tempo também pode causar, no longo prazo, distúrbios funcionais da bexiga e, até mesmo, em alguns casos, favorecer o aparecimento de cálculo renal.




Fonte: Hospital Israelita Albert Einstein / Ministério da Saúde
Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed

Tags: +saúde  
Publicado as 10:05 por Comunicação  |  Comentários [0] .
21 de Dezembro de 2016, Quarta-feira

 

Benefícios da dança

Melhora da qualidade de vida e fortalecimento muscular estão
entre os motivos para praticar esta atividade

Pare um instante para relembrar: quando foi a última vez que você aproveitou para dançar? Embora a dança ainda seja vista por muitas pessoas apenas como diversão, essa atividade proporciona os mesmos benefícios obtidos com a prática de outros tipos de exercícios físicos. Conforme a Escola de Medicina de Harvard (Harvard Medical School), estudos demonstraram que dançar regularmente pode fortalecer os ossos e os músculos, contribuir para a redução da gordura corporal, aumentar a capacidade aeróbica e auxiliar no controle da pressão arterial.

Os benefícios que a dança pode trazer envolvem também a saúde mental. Dançar ajuda a estimular o sistema de recompensa do cérebro (área encarregada de receber estímulos de prazer e transmiti-los para o corpo todo), podendo melhorar a qualidade de vida do praticante. Além do mais, a dança é acessível a todas as idades. Diversos são os ritmos, cada um com suas particularidades de movimento, alguns mais intensos e outros mais calmos.

 

Tags: +saúde  
Publicado as 08:42 por Comunicação  |  Comentários [0] .
14 de Dezembro de 2016, Quarta-feira

 

Fim de ano organizado

Nesta época do ano é comum encontrar pessoas que mencionam estar "na correria", com diversas tarefas pendentes. Por exemplo: quem vai receber visitas em casa quer deixar o espaço mais organizado e aconchegante; quem desfrutará de alguns dias de recesso no trabalho quer colocar as tarefas em ordem. Além disso, há ainda afazeres corriqueiros do fim do ano, como comprar presentes, organizar os preparativos para festas, etc. Não é à toa que as semanas do mês de dezembro costumam ser bastante turbulentas.

O segredo para não perder o foco e manter tudo em ordem é bem óbvio: organização, principalmente do tempo. Mas, há quem tenha dificuldade para encontrar um norte e despachar em tempo hábil tudo que precisa ser feito. Por isso, separamos algumas dicas que podem ser bastante úteis para manter-se sob controle e deixar tudo devidamente organizado mesmo em meio à turbulência do período.

Tags: +saúde  
Publicado as 14:56 por Comunicação  |  Comentários [0] .
07 de Dezembro de 2016, Quarta-feira

 

Descarte correto de medicamentos

O que você costuma fazer com os medicamentos que passaram do prazo de validade? Se a sua resposta foi "descartá-los no vaso sanitário", "descartá-los no lixou comum" ou "descartá-los na pia", fique atento! Todas as opções podem causar graves problemas sociais e ao meio ambiente, entre eles contaminar o solo e a água, dar margem para que moradores de rua ingiram inadvertidamente os medicamentos e intoxicar acidentalmente as pessoas que trabalham em aterros sanitários ou lixões.

Destino correto

Geralmente os resíduos de medicamentos e das embalagens têm como destino final a incineração ou o depósito em aterros industriais. Para contribuir com o descarte correto dos medicamentos é necessário:

1) Informar-se nas farmácias se elas recebem sobras domésticas de medicamentos, embalagens e objetos perfurocortantes;

2) Informar-se sobre locais no município onde é possível realizar o descarte seguro, como hospitais e postos de saúde;

3) Descartar os medicamentos, embalagens e objetos relacionados apenas nas farmácias e demais locais oficiais identificados.

Armazenamento
Para garantir que eles sejam armazenados de forma adequada é preciso:

Tags: +saúde  
Publicado as 14:51 por Comunicação  |  Comentários [0] .
30 de Novembro de 2016, Quarta-feira

 

Estresse relacionado ao trabalho

Conheça as principais situações que levam ao estresse e
algumas recomendações para evitar ou reduzir o quadro

Com a correria diária, especialmente no universo profissional, está cada vez mais comum deparar-se com alguém que relata estar constantemente estressado. Para o Ministério da Saúde, "existe um estresse positivo, que alerta, aumenta a adrenalina e anima. Ele ajuda na produtividade e dá asas à criatividade. Mas, se mantido por muito tempo, pode se tornar prejudicial". Entre os fatores que podem levar ao estresse no trabalho estão: responsabilidades maiores do que a capacidade para administrá-las, preocupação em perder o emprego e conflito com colegas de trabalho ou gestores.

Cada pessoa possui formas distintas de lidar com as situações, enquanto alguém pode considerar determinada mudança estressante, outra pessoa pode perceber como um desafio positivo. Conforme o Departamento de Saúde e Serviços Humanos do estado de Victoria, na Austrália (Department of Health & Human Services, State Government of Victoria, Australia), os sinais ou sintomas do estresse relacionado ao trabalho podem ser físicos, psicológicos e comportamentais, entre os principais estão: 

Tags: +saúde  
Publicado as 14:31 por Comunicação  |  Comentários [1] .

Portal Nacional de Saúde - Unimed Brasil | Copyright 2001-2009 Portal Unimed. Todos os direitos reservados. Agência Nacional de Saúde Suplementar