Blog Central

Blog Central

Calendário

« Dezembro 2021
SegTerQuaQuiSexSábDom
  
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
  
       
Hoje

Pesquisar




09 Quarta-feira · Mai, 2018

Projetos CNU

Programas CNU Digital e de Incentivo à Amamentação e Parto Adequado são lançados
 
A última semana foi marcada pelo início de grandes projetos na Central Nacional Unimed. No dia 2, os gestores da cooperativa participaram do Workshop Digital, uma iniciativa do projeto CNU Digital, em andamento desde o começo de 2018.

O CNU Digital tem como objetivo tornar a cooperativa uma referência em saúde no meio digital, com novas tecnologias e melhorias para o negócio, que também serão refletidas no atendimento e acesso a informações pelo beneficiário.

Os participantes definiram as prioridades da transformação digital da CNU e o diagnóstico do trabalho sairá em julho, fornecido pela empresa LiveWork.

No dia seguinte (3), foi lançado o Programa de Incentivo à Amamentação e Parto Adequado, destinado a princípio às colaboradoras e beneficiárias, que incentiva a amamentação com todos os benefícios que ela traz e a adoção do parto adequado pelas mulheres.
 
O evento foi conduzido pela gerente de Comunicação e Responsabilidade Socioambiental, Kátia Okumura, responsável pelo programa com a supervisora de Responsabilidade Socioambiental, Rose Capelossa.
 
O programa é o primeiro que a gerente se engaja após seu retorno da licença-maternidade. "Pude conciliar nesse projeto minha vida pessoal com a profissional. Estou cuidando para que todas as mães se sintam acolhidas em um momento único como esse".
 
Alexandre Ruschi, presidente da CNU, falou da importância dessa atividade para a cooperativa também em cunho social. "Oferecer condições adequadas para a mulher retirar e condicionar o leite materno é mais uma forma de demonstração de respeito à vida e auxílio às mães, assegurando que seus filhos continuem protegidos de diversas doenças", comentou. 
 
Gestantes, lactantes e gerentes convidados para o lançamento também conferiram dicas sobre aleitamento materno e parto adequado com o assessor da presidência, Valdmário Rodrigues Júnior, ginecologista e obstetra.


Tags: #projetoscnu  

Publicado as 16:18 por Rafaela Abrantes de Sales  |  Comentários [10] .
18 Quarta-feira · Abr, 2018

Projetos CNU

Confira a quarta matéria sobre os principais projetos da Central Nacional Unimed, importantes ferramentas de sustentação do mapa estratégico da cooperativa.
 
Projeto Auditoria da Conta Médica Eletrônica
 
Dentro dos objetivos estratégicos da CNU, o controle de custos e o aprimoramento da eficiência da rede são metas da gestão, que visam garantir um resultado sustentável para a Central Nacional Unimed.
 
Dos projetos voltados a essa demanda e que também têm a função de integrar os sistemas financeiros, a Auditoria da Conta Médica Eletrônica já passou por todos os testes e, em breve, começa a ser disponibilizado à rede direta.
 
Entenda como funciona o novo processo de auditoria eletrônica:
 
A primeira etapa consistia na reestruturação do fluxo do processo de recebimento de autorizações encaminhadas pelos prestadores.

Com a automação deste processo, quando o prestador encaminha o arquivo via XML, este passa pelo sistema SAE que realiza uma análise prévia de elegibilidade e, após isso, repassa as informações à área de Auditoria Médica para avaliação. Em caso de glosa, o próprio sistema sinaliza o prestador.
 
Depois de autorizado pela Auditoria Médica, a ferramenta redireciona as autorizações concedidas para o sistema TOP SAÚDE, que libera os pagamentos à área de Contas Médicas e, finalmente, ao Financeiro.
 
Mais economia e agilidade
 
A auditoria eletrônica também refletirá diretamente na agilidade do faturamento e na redução considerável dos custos, gerando uma economia de R$ 1,6 milhão ao ano.
 
As despesas atuais com a digitalização de contas médicas físicas, que hoje totaliza R$ 720 mil ao ano, será totalmente eliminada, e o valor com o arquivamento dessas contas físicas terá redução de R$ 228 mil.
 
Os custos de conectividade com internações também terão uma economia de mais de um milhão de reais ao ano.
 
A previsão é que o sistema esteja disponível para toda a rede direta da Central Nacional Unimed até dezembro de 2019. Serão contemplados 221 hospitais nas regiões de São Paulo, ABC Paulista, Salvador e São Luís.
 
Acompanhe por meio do Boletim Central o andamento do trabalho. Todos os projetos estabelecidos têm a finalidade de garantir um resultado sustentável para a cooperativa e Unimeds sócias, além de melhorar a percepção dos clientes quanto ao jeito de cuidar da marca Unimed.


Tags: #projetoscnu  

Publicado as 15:31 por Rafaela Abrantes de Sales  |  Comentários [2] .
04 Quarta-feira · Abr, 2018

Projetos CNU

Confira a terceira matéria sobre os principais projetos da Central Nacional Unimed, importantes ferramentas de sustentação do mapa estratégico da cooperativa.
 
Programa de Qualificação da Rede Prestadora
 
 
Este ano, a Central Nacional Unimed tem trabalhado no desenvolvimento do seu Programa de Qualificação da Rede Prestadora, a fim de qualificar, desenvolver e reconhecer sua rede direta.
 
O objetivo é unir condições que representem a segurança e satisfação assistencial prestadas, por meio de um índice que será chamado Preço, Desempenho e Qualidade/Segurança Hospitalar - PDQ. Com isso, cada prestador terá um índice qualificado pelo programa, visando aprimorar a percepção de valor no atendimentos aos beneficiários.
 
De suma importância estratégica, a rede prestadora da cooperativa tem atualmente mais de 220 hospitais e 8 mil médicos credenciados.
 
O programa contempla três fases de desenvolvimento:
 
Classificação da Rede (devidamente alinhado com as premissas do Programa de Classificação da Rede da Unimed do Brasil)
Qualificação da Rede
Valorização e desenvolvimento da Rede
 
A última fase abrange ainda o dimensionamento adequado dos prestadores e a manutenção da rede junto à Agência Nacional de Saúde Suplementar.
 
Os prestadores que aderirem serão reconhecidos pelo desempenho em uma série de requisitos que visam a qualificação, melhoria contínua da qualidade assistencial, promoção da segurança do paciente, adoção de boas práticas e atendimento a padrões e protocolos. Serão considerados também os preços de produtos e serviços negociados com a cooperativa. 
 
Como reconhecimento, poderão receber incentivos financeiros e não-financeiros, conforme se enquadrarem aos critérios definidos.
 
A previsão é que o programa seja implantado totalmente até o mês de novembro e lançado aos prestadores até o final do ano. As Unimeds também terão transparência no acesso ao índice PDQ da rede credenciada pela CNU em suas praças.
 
Acompanhe por meio do Boletim Central o andamento do trabalho. Todos os projetos estabelecidos têm a finalidade de garantir um resultado sustentável para a cooperativa e Unimeds sócias, além de melhorar a percepção dos clientes quanto ao jeito de cuidar da marca Unimed.


Tags: #projetoscnu  

Publicado as 13:57 por Rafaela Abrantes de Sales  |  Comentários [3] .
27 Terça-feira · Mar, 2018

Projetos CNU

Confira a segunda matéria sobre os principais projetos da Central Nacional Unimed, importantes ferramentas de sustentação do mapa estratégico da cooperativa.

OPME: Reestruturação do modelo de compra e padronização
 
Em cinco anos, o custo médio das órteses, próteses e materiais especiais (OPMEs) adquiridas pela Central Nacional Unimed aumentou 72%. Em 2017, essa despesa totalizou R$ 254,3 milhões, representando 5,6% dos dispêndios com assistência à saúde.
 
Foi para combater inflações insuportáveis, que a cooperativa iniciou em novembro de 2017, o projeto de reestruturação do modelo de compra e padronização das OPMEs, atrelando o mesmo ao objetivo estratégico "Gerir a regulação e o controle dos custos assistenciais".
 
O projeto foi divido em etapas, nas quais duas delas já foram concluídas e as demais estão em execução:
 
Diagnóstico do processo de compra - concluída;

Proposição e reestruturação de um novo modelo de gestão - concluída;

Negociação e construção da tabela CNU de padronização das OPMEs - em execução; 

Reestruturação da equipe de negociação e tecnologia de gerenciamento - em Execução;
 
Esta última contempla a formação de uma equipe própria, contratação de um consultor externo especializado no assunto e investimentos em ferramentas e tecnologia de gerenciamento, que visam garantir o preço e a qualidade apropriada das OPMEs utilizadas nos beneficiários da CNU e do Sistema Unimed, nas unidades de negócio de Salvador (BA), São Luís (MA), São Paulo (SP) e Brasília (DF).
 
Os primeiros contatos com os fornecedores já aconteceram em Salvador (BA), Brasília (DF) e São Paulo nestes últimos meses e seguem em andamento. A cidade de São Luís (MA), que completa o escopo, tem previsão de acontecer até maio.
 
O projeto visa tornar a gestão desses materiais mais eficiente e sustentável, refletindo no controle das despesas assistenciais, sem deixar de oferecer o melhor cuidado aos beneficiários.
 
Acompanhe por meio do Boletim Central o andamento do trabalho. Todos os projetos estabelecidos têm a finalidade de garantir um resultado sustentável para a cooperativa e Unimeds sócias, além de melhorar a percepção dos clientes quanto ao jeito de cuidar da marca Unimed.
 


Tags: #projetoscnu  

Publicado as 13:47 por Rafaela Abrantes de Sales  |  Comentários [4] .
13 Terça-feira · Mar, 2018

Projetos CNU

A partir desta edição, acompanhe uma série de matérias sobre os principais projetos da Central Nacional Unimed, importantes ferramentas de sustentação do mapa estratégico da cooperativa.
 
Revisão dos processos da Central de Regulação de Internações e Internados
 
A revisão dos processos da Central de Regulação de Internações e Internados está atrelada ao objetivo "Gerir a regulação e o controle dos custos assistenciais".
 
Esta necessidade partiu de um estudo dos atendimentos e custos gerados da rede própria de prestadores da cooperativa, e dos atendimentos do Intercâmbio Nacional.
 
A maior parte dos procedimentos realizados correspondem a internações, tanto no atendimento aos beneficiários na rede direta como no intercâmbio, representando uma grande parcela das despesas.

O projeto contempla implantar novos processos na gestão de clientes com indicação de internação da CNU e do Intercâmbio Nacional. São eles: Controle de Entradas; Previsões de Altas; Monitoramento; Desburocratização; e Desospitalização e/ou Realocação. Com isso, as singulares também poderão acompanhar a condução e evolução das internações de seus beneficiários em tempo real.
 
O trabalho refletirá em melhorias consideráveis, do gerenciamento das internações à qualidade do atendimento ao cliente, que visam:
 
Redução no número de internações questionáveis;
Redução do tempo médio de internação;
Melhor acompanhamento do paciente pela Rede/Unimed;
Aumento do índice de desospitalização.
 
O projeto está em fase de diagnóstico da Auditoria Médica. A próxima etapa será a reorganização dos processos e, por fim, a reestruturação tecnológica, que inclui a integração automatizada entre sistemas.
 
Acompanhe por meio do Boletim Central o andamento do trabalho. Todos os projetos estabelecidos têm a finalidade de garantir um resultado sustentável para a cooperativa e Unimeds sócias, além de melhorar a percepção dos clientes quanto ao jeito de cuidar da marca Unimed.


Tags: #projetoscnu  

Publicado as 14:55 por Rafaela Abrantes de Sales  |  Comentários [1] .
Portal Nacional de Saúde - Unimed Brasil | Copyright 2001-2009 Portal Unimed. Todos os direitos reservados. Agência Nacional de Saúde Suplementar